segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Conclusões sobre 2014...

 Hoje (22/12), estava eu fazendo algumas coisas em casa e pensando sobre o ano que vai terminando. 
 Analisando o ano de 2014, eu posso dizer que ele foi um dos melhores anos da minha vida. Posso estar exagerando ou sendo muito precipitada em dizer uma coisa dessas sendo que o ano ainda nem terminou, mas, eu posso afirmar que, ao contrário de 2013, esse ano foi maravilhoso.
  Em 2014, eu realizei alguns dos meus maiores sonhos, como: ir ao meu primeiro show (Posso estar sendo precipitada novamente, mas, esse sem dúvida foi o melhor dia de minha vida até agora) e ver o artista que amo dizer (em português) “São Paulo, eu te amo”; Mudei de uma casa para um apartamento e hoje posso fazer, basicamente, tudo o que quero nas paredes de meu quarto, pois, são as minhas paredes; Eu consegui me formar e ano que vem estarei iniciando o ensino médio; Eu encontrei uma coisa em que acho que sou boa.
  Em 2014, eu conheci pessoas (pessoalmente e virtualmente) que nunca sairão do meu coração e estou muito feliz, pois, acho que eu também não sairei do coração enorme delas.
  Em 2014, eu aprendi muitas coisas e estou feliz, pois, vou levar esses ensinamentos para o resto de minha vida.
   Meu ano foi maravilhoso e agradeço a todas as pessoas que fizeram parte dele.
  
  Para não dizer que vou “deixar a vida me levar” em 2015, aqui vão algumas metas para o ano que se aproxima:
- Continuar fazendo o que eu amo.
-Continuar cultivando amizades.
-Sair mais com meus amigos.
-Chorar mais, pois, aprendi esse ano que chorar mostra que estamos vivos.
-Observar mais coisas.
-Aproveitar mais e melhor a solidão.
-Me iludir, pois, sei que não vou conseguir não me iludir. Ano passado disse que não me iludiria mais e cá estou eu com uma bagagem imensa de ilusão.
-Juntar grana para comprar mais livros.
-Juntar grana para que em 2018 eu possa fazer uma grande viagem para Londres.
-Estudar mais.

-Ser feliz e fazer de 2015 um ano tão bom quanto o ano de 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário